menu-bgimg

What we can offer you

We provide detailed transactional data, cost benchmarks and in-depth analytics for participants in the wood raw materials supply chain.
  • Pricing Data
  • Benchmarks
  • Product Forecasting
  • Advisory Services
  • Analytics
Learn More

SilvaStat360 Platform

  • Price Benchmarks
  • Madison’s Lumber Reporter
  • The Beck Group’s Sawmill TQ
  • Timber Supply Analysis 
  • Global Economic Data

Explore Forest2Market's Interactive Business Intelligence Platform

Learn More

Industries

From biomass suppliers in the Baltics to pulp producers in Brazil and TIMOs in the United States, Forest2Market provides products and services for suppliers, producers and other stakeholders in the global forest products industry.

Learn More
x
 
Blog

Otimização de custos em cadeias produtivas florestais

Fevereiro 16, 2017
Author: Marcelo Schmid

Em um artigo publicado no mês de Janeiro os leitores do blog da Forest2Market do Brasil conheceram as vantagens da utilização de benchmark de preços como ferramenta para entender o custo total da madeira, de seus componentes e os elementos variáveis desses custos (como distância de frete, por exemplo). O uso de boas informações é o primeiro passo para estabelecer uma estratégia de sucesso relacionada ao abastecimento de matéria-prima com madeira de mercado.

Como resultado do uso do benchmark de preços desenvolvido pela Forest2Market do Brasil a empresa é capaz de enxergar a posição de sua fábrica dentro de uma curva competitiva de custos. Após isso, quais são os próximos passos para o desenvolvimento da estratégia de suprimento de matéria-prima florestal? A figura 01 mostra esses passos, que são desenvolvidos pela Forest2Market do Brasil junto a seus clientes com o uso de algumas ferramentas para otimização de custos em cadeias produtivas que serão detalhadas neste artigo.

Figura 01 –Três passos para o desenvolvimento de uma estratégia de sucesso relacionada à cadeia de suprimentos florestaisROI_Brazil.png

Fonte: Forest2Market do Brasil

 

O primeiro passo seria uma análise aprofundada sobre a cadeia de suprimento da fábrica, baseada nos dados do benchmark, transformando dados em inteligência. Os dados do benchmark podem ser utilizados para esclarecer uma série de perguntas sobre cadeia de suprimento de uma fábrica. Por exemplo:

  • Quais componentes de custo estão em sintonia com o mercado e quais não estão? A empresa está pagando preços mais elevados na madeira em pé? Se sim, por quê? Os custos de frete são mais elevados do que a média devido ao fato de fornecer matéria-prima para longas distâncias? Os custos de colheita são mais elevados que a média devido aos equipamentos adotados?
  • Existem compras especiais que fazem os custos ficarem fora de sintonia com o mercado?
  • Nesta fase específica, diversas são as ferramentas que podem ser utilizadas para desenvolver tal análise. Com base nos dados do benchmark, a Forest2Market do Brasil realiza análises comparativas de performance, avaliando o desempenho de fábricas individuais face a um grupo de empresas semelhantes (peer group), desenvolvendo curvas de custo competitivo (figura 2) e buscando os melhores exemplos do mercado para o desenvolvimento de soluções, em uma outra ferramenta chamada de Análise Best in Class.

Figura 02 – Curva de custos competitivos de madeira entregue por volume consumido

 

Benchmark_Brazil.jpg

Fonte: Forest2Market do Brasil

 

Após transformar dados em inteligência, o próximo passo na abordagem sistemática é transformar a inteligência em ação. Semelhante ao ciclo PDCA (do inglês, Plan - Do - Check - Act), método amplamente utilizando no gerenciamento de processos produtivos, uma vez identificadas as causas das ineficiências da cadeia de suprimento, soluções, alternativas e técnicas de gerenciamento podem ser colocadas em prática:

  • Se os custos da madeira estiverem elevados devido a um volume significativo de matéria-prima a ser adquirida de uma área com altos custos, devem-se identificar áreas com custos mais baixos dentro do raio de alcance da fábrica, direcionando compras para este local;
  • Se o preço da madeira comprada de um fornecedor específico não estiver alinhado com o mercado, o contrato de fornecimento pode ser renegociado ou até mesmo suspenso;
  • Se fábricas utilizarem um mix diferente de fontes de matéria-prima (por exemplo, cavaco, toras e resíduos), modificar o percentual de cada fonte para aumentar compras de baixos custos e diminuir as de alto custo.O desempenho do negócio após a implementação das soluções pode ser avaliado rapidamente pelos executivos da empresa, por meio de outra ferramenta bastante interessante desenvolvida pela Forest2Market do Brasil: os dashboards de desempenho, ferramentas que fornecem uma visão instantânea do desempenho de negócios florestais, tornando fácil rastrear custos de várias fábricas e estoques em diferentes regiões (figura 3).
  • Após a implementação das soluções de otimização de custos na cadeia de suprimentos, é hora de virar o jogo e transformar ação em vantagem. Com uma tabela de resultados que rastreia desde uma fábrica individual até o desempenho de todo o sistema durante um período de tempo a redução de custos pode ser quantificada permitindo avaliar se uma fábrica melhorou sua posição no mercado, pois sempre há espaço para melhorias. Feito isso, obtêm-se o retorno da abordagem sistemática proposta pela Forest2Market do Brasil, visando à redução de custos.

 

Figura 03 – Dashboard de análise de desempenho de múltiplas fábricas

Benchmark_Brazil2.jpg

Fonte: Forest2Market do Brasil

 

No final da quarta fase, o que deve ser feito em seguida? Comemorar os resultados? Descansar? Executivos de empresas florestais devem lembrar-se de que a abordagem de redução de custos não é um caminho, mas um ciclo, um ciclo virtuoso que precisa de feedback a fim de promover melhoria contínua. Poucos ambientes operacionais permanecem estáveis ao longo do tempo. Fatores externos que afetam os negócios estão em constante mudança: um novo concorrente, uma fábrica fechada, condições climáticas ou alteração do proprietário, por exemplo. A fim de melhorar a competitividade e dar continuidade ao processo de redução dos custos para cumprir metas do próximo ano visando o crescimento do lucro, deve-se repetir o processo de análise regularmente tornando este um procedimento padrão dentro da empresa.

Saiba mais sobre os produtos e serviços da Forest2Market do Brasil

Back to Blog

You May Also be Interested In

Julho 10, 2018
Cada centavo importa: o impacto de 1% de economia na cadeia de suprimentos de sua empresa florestal
Frequentemente avaliamos o desempenho de uma empresa determinando se seu processo, produto ou serviço em particular...
Continue Reading
Abril 27, 2018
Quais são os drivers que afetam os custos de uma floresta?
Sempre presentes em nossa vida e sempre aumentando, os custos são um desafio para qualquer atividade econômica no...
Continue Reading
Outubro 18, 2017
Análise de preços mundiais de fibra de madeira no segundo trimestre de 2017
Os relatórios de benchmark de preços florestais da Forest2Market no Hemisfério Ocidental permitem que empresas...
Continue Reading